Território de intervenção Municípios / Freguesias
Município de Alcoutim União de Freguesias de Alcoutim e Pereiro Município de Castro Marim Azinhal Castro Marim Odeleite Município de Vila Real Santo António Vila Nova de Cacela Vila Real de Santo António Município de Tavira União de Freguesias de Luz de Tavira e Santo Estevão União de Freguesias de Tavira (Santa Maria e Santiago Santa Luzia Município de Olhão União de Freguesias de Moncarapacho e Fuzeta Olhão Pechão Quelfes Município de Faro Montenegro União de Freguesias de Faro (Sé e São Pedro) Município de Loulé Quarteira Almancil

ESTRATÉGIA DLBC COSTEIRA SOTAVENTO ALGARVE

A EDLBC Costeira do Sotavento do Algarve identifica um conjunto de dimensões-problemas e de necessidades de intervenção que constituíram a base de trabalho para sinalizar os desafios que se colocam a este território e que combinam de forma objetiva prioridades de atuação que compreendem vertentes das seguintes esferas de atuação dos instrumentos de política:

(i) Competitividade da fileira da pesca e da aquicultura;

(ii) Conhecimento e competências;

(iii) Valorização de elementos de património natural e cultural marítimo.

A vocação específica da EDLBC Costeira do Sotavento do Algarve irá situar-se no apoio aos dinamismos de iniciativa de pequena escala que usam e transformam recursos endógenos do território, pelo que se propõe a organização lógica da EDLBC alicerçada em torno dos seguintes Objetivos Estratégicos (OE), estruturantes do modelo de intervenção proposto e em cuja fundamentação se enunciam, em grande medida, Objetivos Específicos e Resultados a atingir:

 

Objetivo Estratégico 1

Promover a valorização competitiva das atividades do Cluster Mar do Sotavento

 

Objetivos Específicos

Melhorar a capacidade competitiva das infraestruturas e dos equipamentos de apoio à pesca artesanal;

Dinamizar a produção aquícola de qualidade, com diversificação das espécies;

Promover o aproveitamento de oportunidades de negócio (reconversão de atividades e novas áreas de negócio);

Promover a (re) organização dos circuitos de comercialização do pescado;

Organizar a valorização de mercado dos recursos de excelência da Ria Formosa;

Promover a incorporação de conhecimento científico e inovação nos processos de produção e nos produtos da pesca e aquicultura.

 

Objetivo Estratégico 2

Promover a empregabilidade da população do território de intervenção

 

Objetivos Específicos

Qualificação de competências de acordo com as necessidades e oportunidades económicas e de emprego do Cluster do Mar do Sotavento;

Dinamização da criação de micro e pequenas empresas e de emprego.

 

Objetivo Estratégico 3

Promover a sustentabilidade e valorização do património natural e cultural da Ria Formosa e do Estuário do Guadiana

 

Objetivos Específicos

Promover o ordenamento de recursos, de atividades e de comunidades piscatórias;

Promover a conservação da natureza e biodiversidade da Ria Formosa e do Estuário do Guadiana;

Promover a requalificação e revitalização da Ria Formosa e das margens e Estuário do Guadiana, melhorando as condições de fruição turística e de lazer;

Promover a recuperação e valorização de património cultural marítimo.

Visualise a estratégia DLBC Costeiro Sotavento Algarve aqui.